Subscribe Twitter

terça-feira, 27 de junho de 2017

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Pintando o cabelo com Henna




Penso que todos já ouviram falar da hena (lawsonia enermis), uma planta nativa da Africa do Norte e parte da India onde o seu uso é milenar em cerimonias de casamento e outras festividades para tatuar a pele e colorir, tratar os cabelos.

Nos países ocidentais, há muita controvérsia em relação ao seu uso; esteve na moda nos anos 80 , depois caiu no esquecimento e ultimamente pouco a pouco as pessoas vem redescobrindo os benefícios que ela pode trazer.

Pessoalmente, eu gosto da henna, acho que ela trata o cabelo sim, encorpa, da um pouco de volume; pode ressecar o cabelo também, é importante hidratar muito bem depois da sua aplicação; algumas pessoas misturam creme de hidratação e até mesmo óleos para que não ocorra dessecamento; eu como tenho fios brancos, aplico ela pura e hidrato depois e estou satisfeita com o resultado, toda a gente pensa que eu faço luzes no cabelo. Tem ainda a vantagem de poder ser usada em cabelos alisados, eu aliso com amónia e aplico henna uma semana depois sem problema e se vou alisar, espero duas semanas apos o uso da henna.

Devo avisar que a aplicação da henna, como uma tinta, obriga a determinadas precauções como usar um creme para proteger o rosto, orelhas e pescoço, toalha só para esse fim e luvas se você não quiser ficar com as mão amarelo acastanhado.

Para evitar as consequências da descoloração e tintas químicas, a natureza oferece uma maneira mais saudável e natural para colorar o seu cabelo.

Henna aprofunda e destaca a cor natural do cabelo, cobre os cabelos brancos, fortalece as raízes e protege o couro cabeludo.

A henna e as suas propriedades eram muito utilizadas na Antiguidade. Os seus tons quentes embelezavam o cabelos das mulheres do Antigo Egito. Contudo, e apesar de todo o trabalho dos ervanários de então, os efeitos colorantes da hena não eram totalmente controlados.
Hoje, e após anos de pesquisa, a Radhe Shyam oferece uma gama completa de cores naturais com base na planta.

Ingredientes: Lawsonia Inermis.

Sugestões de utilização: Coloque o pó numa taça, adicione três colheres de sopa de amaciador e misture. Dilua a mistura com água bem quente até obter uma pasta lisa e cremosa. Deixe arrefecer. Com as luvas, aplique diretamente no cabelo seco, começando no couro cabeludo até às pontas. Envolva o cabelo na touca de plástico e num pano, limpe os resíduos de tinta da pele e deixe atuar durante cerca de 3 horas. Para um efeito mais pronunciado da cor, pode aquecer o cabelo com um secador. Depois de seco, passe o cabelo por água morna até sair a maior parte. Utilize um champô Henna especialmente concebido para fortalecer a coloração e finalize com um amaciador, massajando o cabelo durante 1 a 2 minutos. Em caso de contacto com os olhos, enxague com água limpa imediatamente. Manter fora do alcance das crianças.

Nota: O uso de Henna não implica qualquer descoloração prévia. A sua aplicação visa personalizar o seu cabelo enriquecendo-o com reflexos mais ou menos intensos. As cores presentes no diagrama são dadas apenas a título informativo e como guia. A estrutura de cor de cada cabelo é única e os resultados estão  palavra repetida estritamente ligados à sua cor original. Há que assinalar que os melhores reflexos obtêm-se em cabelos não tingidos. Não usar em cabelos louros pintados com tintas químicas.

Precauções de uso: As tintas capilares podem provocar reações alérgicas que em casos raros podem ser graves. Siga atentamente as seguintes indicações:

- Realize o teste de sensibilidade 48 horas antes da aplicação;
- Não utilize este produto se tiver tido alguma reação alérgica prévia com produtos de coloração de cabelo, ou com tatuagens;
- Não utilize este produto se tiver uma erupção cutânea ou couro cabeludo sensível, irritado ou danificado;
- Não utilizar este produto em menores de 16 anos;
- Não utilizar para colorar pestanas, sobrancelhas ou buço;
- Lavar bem o cabelo depois da aplicação;
- Utilize luvas apropriadas.

O exercício que levanta os glúteos



Descubra o que pode fazer para ficar com umas pernas e um rabo saudavelmente mais belos
Não há nada mais eficaz para as pernas e para os glúteos do que o agachamento com salto. Fortalece os músculos porque os obriga a suportar o peso corporal.
Todos os exercícios de pernas feitos em pé são eficazes uma vez que o corpo funciona como um peso extra. Se, para além disso, lhe juntarmos um salto, torna-se num exercício extraordinário para reafirmar os glúteos e tornear as pernas.
Outra vantagem importante do agachamento com salto é que as calorias queimadas se multiplicam, já que se trata de um movimento potente que exige uma boa dose de energia.
Para fazer o agachamento com salto corretamente é necessário manter o tronco firme, os abdominais contraídos e as costas completamente direitas, evitando arqueá-las ou fleti-las.
Se não tiver a força necessária para manter o tronco firme, pratique primeiro com agachamentos normais, sem salto. Este conselho aplica-se a pessoas com problemas nos joelhos.
Como executar
De pé, com as pernas abertas ao nível das ancas, ombros para trás, peito para fora, abdominais contraídos e joelhos em linha com a ponta dos pés. Ficta os joelhos e baixe as ancas, fazendo um agachamento. Os joelhos devem ficar atrás das pontas dos pés, e a zona lombar deve manter a sua curvatura natural.

Utilizando os músculos das ancas e das coxas, dê um salto enquanto
alonga as pernas para dar o impulso.
Não se esqueça que os abdominais devem permanecer contraídos. Aterre suavemente na posição inicial e volte a fazer um agachamento para repetir
o salto.
Comece por fazer 2 séries de 10 a 15 repetições, 3 vezes por semana em dias alternados. Com o tempo, pode aumentar para 3 séries.
Precauções e recomendações
Os joelhos não devem ultrapassar a ponta dos pés.
Os ombros devem estar para baixo e para trás.
Tente respirar normalmente enquanto pratica o exercício.
É muito importante que os músculos abdominais estejam contraídos.
Se notar alguma debilidade ou desconforto nos joelhos, deixe de o praticar.
Agachamento com salto
Este exercício fortalece os seguintes músculos: glúteos, quadríceps, isquiotibiais, gémeos e abdominais.
A imagem que vai ver no espelho: o rabo mais duro e arrebitado, as coxas torneadas e tonificadas.
Outros benefícios: força e estabilidade no tronco e barriga mais firme.

7 dicas para o cabelo crescer mais rápido



Geralmente, o cabelo, os pêlos e a barba crescem 1 centímetro por mês, mas existem alguns truques e dicas que podem faze-los crescer mais rápido, como garantir todos os nutrientes que o corpo precisa para formar os fios e melhorar a circulação sanguínea local.
Ao seguir estas dicas, o cabelo e a barba devem crescer mais rápido, no entanto, existem casos em que o cabelo não cresce devido a doenças ou ao acúmulo de toxinas no organismo e, por isso, se não notar nenhuma mudança em 3 meses, é aconselhada uma consulta com um dermatologista.

As 7 dicas para o cabelo e a barba crescerem mais rápido são:

1. Comer mais alimentos ricos em proteínas
Os alimentos ricos em proteínas, como carne, peixe, leite, ovos e iogurte, são necessários para formar a matriz capilar que dá origem ao cabelo e a barba, por isso, ao ingerir uma maior quantidade deste nutriente os fios tendem a crescer mais rápido e mais bonitos.
Confira uma receita simples para facilitar o crescimento do cabelo e da barba em: Suco de cenoura para o cabelo crescer mais rápido.

2. Massagear o couro cabeludo ou pentear o cabelo

Durante a lavagem dos fios, deve-se fazer uma boa massagem em todo o couro cabeludo com as pontas dos dedos porque isto aumenta a circulação sanguínea local favorecendo o crescimento dos cabelos. Quem não lava os cabelos todos os dias pode pentear os cabelos durante alguns bons minutos, diariamente, porque este hábito também melhora a circulação sanguínea no couro cabeludo.
Quando se deseja que a barba cresça o que se pode fazer é 'pentear' a região com um pente fino, por exemplo.

3. Tomar vitaminas para o cabelo crescer
As vitaminas, como Pantogar e Innéov nutricare, são excelentes para fazer o cabelo crescer porque nutrem a raiz dos cabelos e melhoram a circulação sanguínea da região, o que leva o cabelo a crescer mais rápido. Veja como usar uma de uma destas vitaminas em: Pantogar.

4. Usar corretamente o condicionador
Não se deve colocar condicionador na raiz porque isso dificulta a circulação sanguínea no couro cabeludo e o crescimento dos fios. Por isso deve-se aplicar o condicionador e o creme sem enxágue, no mínimo, 4 dedos após a raiz do cabelo.

5. Deixar de fumar e evitar usar bonés

Deixar de fumar e de ficar perto de quem fuma também é importante porque o cigarro prejudica à saúde e danifica os cabelos, deixando-os mais fragilizados e quebradiços. O hábito de usar chapéus e bonés pode abafar a raiz dos cabelos, dificultando o seu crescimento, e aumentam o risco de desenvolvimento de fungos e, por isso, devem ser evitados.

6. Prender o cabelo
Prender o cabelo fazendo um rabo de cavalo ou uma trança, por exemplo, exerce uma pressão moderada nos fios que pode facilitar o crescimento, mas é preciso ter cuidado porque, se houver muita pressão, o cabelo pode quebrar ou cair.
No entanto, não é recomendado prender o cabelo quando ele estiver molhado porque isso também pode facilitar o desenvolvimento de fungos, fragilizando o cabelo e deixando um cheiro menos agradável.

7. Hidratar o cabelo 1 vez por semana
Hidratar os fios semanalmente com uma máscara adequada para o seu tipo de cabelo é importante para que o cabelo cresça bonito e não fique danificado. Após lavar os fios com shampoo e condicionador, deve-se enxaguar muito bem, até que não fique nenhum vestígio de creme nos cabelos porque os resíduos podem dificultar o crescimento dos cabelos. Para fazer uma hidratação adequada veja como saber seu tipo de cabelo.
Indivíduos com cabelos muito crespos ou afro podem achar que seus cabelos demoram muito tempo para crescer, porque eles vão se enrolando naturalmente desde a raiz, mas isso não quer dizer que não cresçam normalmente.Todas estas dicas também podem ser utilizadas para facilitar o crescimento da barba e de outros pêlos do corpo.

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Como Mudar o Visual?



Chega a um momento de nossas vidas em que já estamos cansados de ter o mesmo visual e a mesma aparência.  Mudar sempre é bom e mudar pra melhor é melhor ainda, principalmente quando o assunto é o nosso estilo, nossas roupas, nossa aparência entre outras coisas relacionadas ao nosso aspecto físico. E se você não aguenta mais ficar  com o seu visual passado e sem graça, e quer um up na sua aparência, leia o nosso artigo e descubra como ficar melhor consigo mesmo. São dicas fáceis e básicas para o seu visual ficar mais bonito e interessante.

1. Mude o seu penteado. Para radicalizar, mude o seu penteado. Mas, eu não estou falando de cortas às pontinhas do cabelo ou algo parecido. Mude radicalmente mesmo, pinte de outra cor, faça um corte diferente. Isso vai fazer que o seu visual fique totalmente com outra aparência e você bem mais diferente e interessante.

2. O seu estilo de se vestir também deve mudar. Isso também é bastante importante na hora de mudar o sue visual. Se dê um banho de loja e troque todas as peças do seu guarda-roupa. Compre roupas que jamais você imaginou comprar, aquelas roupas que você olhava e pensava “nossa, eu nunca vou vestir isso”. Quanto mais diferente for, melhor e mais legal o seu visual vai ficar.

3. Peça a ajuda de alguém que entende de moda. Mas, começar a criar estilos de roupa é um pouco difícil. Por isso, sempre que for mudar o seu visual, peça a ajuda de alguém que entende de moda para que você mude o seu visual de uma maneira consciente.

4. Observe as pessoas que você acha estilosa. Gostar do estilo de outra pessoa não é nada demais. Por isso, sempre que você gostar da maneira que alguém está se vestindo, pegue o que mais gostou no estilo daquela pessoa e tente transformar isso para o seu visual.
Mudar o visual não é muito difícil e basta você querer. A partir desse momento, vá fundo e se entregue na mudança do seu aspecto visual. Você vai gostar bastante de fazer isso, além de se sentir melhor com você mesmo.